Rua Floriano Peixoto, 300
Centro - Blumenau - SC
47. 3321-1000
Busca no site

Portal de novidades
Santa Isabel

8 de maio de 2018

Deputados visitam o Hospital Santa Isabel para relatar indicações de até 1,2 milhões de repasses

Ontem, 07/05, os Diretores do Hospital Santa Isabel - Dirceu Rodrigues Dias - Diretor Executivo, Juliano Petters - Diretor Executivo Regional da ACSC e Dra. Marianne Ramos de Lima e Silva - Diretora Técnica, receberam a visita do Deputado Federal João Paulo Kleinubing para formalizar a indicação de sua Cota de Emenda Individual, no valor de R$ 700.000 para apoio ao custeio dos serviços prestados pela instituição. Acompanharam a visita o vereador Odemar Luiz Becker e o Presidente da Câmara de Vereadores de Blumenau – Marcos da Rosa.

 O Deputado afirmou que a verba já foi empenhada, e assim que o Ministério da Saúde liberar o recurso virá via Fundo Municipal de Saúde.  Quando o valor for de fato recebido ele poderá ser utilizado pagar contas de água, energia, comprar medicamentos, ou quaisquer outros gastos relacionados à prestação de serviços.

 Outra importante visita que trouxe boas notícias ao hospital foi a da Deputada Estadual Ana Paula Lima que veio representar a formalização da indicação da Cota de Emenda Individual do Deputado Décio Lima, no valor de R$ 500.000.

Esse valor também virá via Fundo Municipal de Saúde. Este deverá repassar ao Hospital Santa Isabel através de um Termo de Cessão de Uso, os equipamentos a serem adquiridos através de processo licitatório, o qual obedecerá um Plano de Trabalho a ser definido. A intenção da direção do hospital é a de comprar 01 Arco Cirúrgico e 02 Cardioversores quando o dinheiro for repassado.

 “Esses recursos ainda não foram liberados, apenas recebemos a formalização das indicações por enquanto, mas já é um motivo de comemoração para instituição”, comenta a Especialista em Captação de Recursos - Daiane Rachel Martini, também presente nas reuniões.

 A próxima etapa será tratar com o Fundo Municipal de Saúde qual será o Plano de Trabalho, para que posteriormente o Ministério da Saúde possa aprovar e liberar as verbas.



Compartilhe nas redes sociais

Confira outras novidades do portal