Rua Floriano Peixoto, 300
Centro - Blumenau - SC
47. 3321-1000
Busca no site

Portal de novidades
Santa Isabel

29 de julho de 2019

Conscientização marca Dia D do Julho Verde no HSI

O Hospital Santa Isabel realizou, nesta sexta-feira, ações de conscientização sobre o Câncer de Cabeça e Pescoço. Com a participação de colaboradores da instituição, interferências foram feitas na área externa da unidade hospitalar, abordando familiares de pacientes e comunidade em geral que circulavam pela Rua Marechal Floriano Peixoto. Os participantes alertavam as pessoas sobre o mal causado pelo uso do cigarro e como isso pode resultar em doenças, além de advertir sobre o real destino da bituca de cigarro: a lixeira!

Para os colaboradores, foram distribuídos chá de frutas vermelhas, maçã com canela e verde. No período da tarde, o Dr. Thiago Sônego, médico do Corpo Clínico do Hospital Santa Isabel, especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Otorrinolaringologia, ministrou a palestra “Aspectos gerais do câncer de cabeça e pescoço - prevenção e diagnóstico”. Segundo ele apresentou, nos homens há dois tipos de cânceres de cabeça e pescoço entre os dez mais comuns: cavidade oral e de laringe. O câncer de Glândula de Tireoide, que é relacionado ao Câncer de Cabeça e Pescoço, está entre os dez mais comuns nas mulheres.

 

Julho Verde

Julho é o mês da Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço. No dia 27 é celebrado o Dia Mundial de Conscientização para estas doenças. O Hospital Santa Isabel realizou o Dia D no dia 26 de julho, um dia antes, pois a movimentação de colaboradores e comunidade no entorno da instituição é maior nos dias úteis. Durante todo o mês de julho, colaboradores do HSI tiveram descontos especiais com os três médicos do HSI especialistas em Cirurgia de Cabeça e Pescoço: o Dr. Eduardo Martignago, o Dr. Tobias Torres e o Dr. Thiago Sônego.

 

O que é Câncer de Cabeça e Pescoço?

O aparecimento de nódulos, dor de garganta que não melhora, dificuldade para engolir, feridas que não cicatrizam e alteração ou rouquidão na voz são sintomas de Câncer de Cabeça e Pescoço.

Os especialistas da ACSC – Hospital Santa Isabel afirmam que a incidência do câncer de garganta tem aumentado e, a idade do diagnóstico, diminuído. Isso acontece devido a maior disseminação do vírus HPV - sexualmente transmissível. Um dos fatores é a mudança dos hábitos sexuais e o aumento do número de parceiros ao longo da vida. “Os cânceres causados pelo cigarro têm diminuído, por conta da redução do número de fumantes”. Thiago explica que a vacinação contra o HPV é uma das medidas para diminuir a transmissão e infecção.

O tratamento envolve uma equipe multidisciplinar, formada por um cirurgião de cabeça e pescoço, fonoaudióloga, nutricionista, fisioterapeuta, oncologista, radioterapeuta e radiologista. As vezes são necessárias sessões de radioterapia e quimioterapia.

“Estes são os tratamentos que a gente consegue fazer dentro da ACSC – Hospital Santa Isabel. Também há possibilidade de realizar procedimentos com o robô-cirurgião Da Vinci Si”, explica Thiago Sônego. Os cânceres em que a utilidade do robô é maior são os de orofaringe, amígdalas e da base da língua. O diagnóstico precoce permite a utilização de técnicas minimamente invasivas. Outras tecnologias, como vídeo-cirurgia e o emprego de laser e pinças seladoras, também ajudam neste processo.

Texto e fotos: Gabriel Silva/Comunicação HSI.



Compartilhe nas redes sociais

Confira outras novidades do portal