Rua Floriano Peixoto, 300
Centro - Blumenau - SC
47. 3321-1000
Busca no site

Hospital Santa Isabel

DOENÇAS INFLAMATÓRIAS DO INTESTINO (EQUIPE MULTIDISCIPLINAR DE ATENDIMENTO)

Atualmente o HSI é considerado como Hospital de Referência para atendimento aos portadores de DII.


No último ano, o Hospital Santa Isabel constituiu a Equipe de DII (Doenças Inflamatórias Intestinais) formada por médico gastroenterologista especializado em DII (Juliano Coelho Ludvig), nutricionista (Emanuela Ueno), enfermeira (Patricia Bortolin) e a Psicóloga (Adriana Rensi dos Santos) que vem se especializando no atendimento destes pacientes. Emanuela e Patricia tem participado de reuniões nacionais com os profissionais que atuam nesta área. A equipe de DII possui um sistema de aviso no TASY que com a ajuda do médico assistente solicita o atendimento quando um paciente precisa de avaliação da Equipe de DII.  O acompanhamento é feito durante toda a internação, com discussões dos casos e visitas da equipe.

Juliano Coelho Ludvig MD -  Chefe da Equipe de DII do HSI

Gastroenterologia & Endoscopia Digestiva Doenças Inflamatórias Intestinais

Contato: (47) 3041-0115

 

Abaixo algumas informações sobre as Doenças Inflamatórias Intestinais:

 

O que são Doenças Inflamatórias Intestinais(DII)?

     As DII compreendem patologias que tem como característica o surgimento de processo inflamatorio  no sistema digestório, principalmente os intestinos (delgado e grosso), de causas ainda não totalmente conhecidas. A Doença de Crohn (DC) e a Retocolite ulcerativa idiopática (RCUI) são as mais conhecidas.

São estados de longa evolução, crônicas,com surtos de agudização e acalmia (remissão).Embora não se saiba todo o processo causal,entende-se que há interação genética (já descoberto genes relacionados),ambiental e comportamental.

A retocolite ulcerativa (RCUI) se caracteriza por inflamação e ulceração da camada mais superficial do reto e cólon (intestino grosso). Somente este intestino é afetado, poupando o intestino delgado. A inflamação é máxima no reto e pode estender-se por todo o cólon de modo contínuo. Os sintomas incluem diarréia, com ou sem sangramento  e freqüentemente dor abdominal.

A doença de Crohn é uma doença inflamatória que pode atingir todo trato gastrointestinal. Ela afeta predominantemente a parte final do intestino delgado (íleo) e intestino grosso (cólon), mas pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal. Habitualmente causa diarréia, cólica abdominal, febre e, às vezes, sangramento retal. Também podem ocorrer perda de apetite e perda de peso. Os sintomas podem variar de leve a grave,mas em geral, as pessoas com doença de Crohn e RCUI podem ter vidas ativas e produtivas.

2. Como é feito o tratamento? Quais as novas tecnologias?

R: Por não se conhecer completamente os fatores causais, muitas vezes o diagnóstico é tardio. Entretanto nos últimos anos, houve um grande avanço no seu entendimento, nos exames diagnósticos e por conseqüencia no tratamento, contemplando aos portadores uma melhor qualidade de saúde.

Endoscopia, colonoscopia, Tomografia computadorizada, ressonância, RX, cápsula endoscópica e exames laboratoriais específicos tem sido cada vez mais usados tanto para descobrir a doença bem como seu acompanhamento.

Até poucos anos dispúnhamos somente poucos medicamentos para tratar estas inflamações, o que sabemos hoje, não traziam nenhum benefício aos pacientes.Atualmente dispomos  de um arsenal terapêutico muito maior, e o que é mais importante, sabemos quando, como e de que forma usá-los, baseados em extensos estudos científicos, oferecendo uma maior segurança.

Atualmente está claro que o atendimento dos portadores de DII deve ser multidisciplinar, envolvendo gastroenterologista, proctologista, cirurgiões, radiologista,nutricionista, psicologa,enfermagem especializados nestas patologias, uma vez que se trata de patologia com caracteristicas especiais.

Estamos, como gastroenterologista e endoscopista,nos dedicando e se especializando nas DII ha15 anos, ja tendo adquirido experiencia nos atendimentos destes pactes.Fazemos parte da GEDIIB ( Grupo Brasileiro de Estudos das DII no Brasil) e Ha 10 anos somos coordenador da ABCD Regional Blumenau, onde realizamos reunioes mensais, no HSI, com portadores e familiares com o objetivo de divulgar e informar sobre as doenças.

3. O que é ABCD?

R: A Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn – ABCD, é uma ONG moldada em outras entidades mundiais (EUA, Europa) que têm como finalidade  reunir os portadores dessas doenças e os profissionais que lidam com elas para propiciar a troca de experiências e facilitar a difusão das informações de que seus pacientes necessitam.Para isso realizamos reuniões mensais com os portadores e familiares, onde participam equipe de profissionais multidisciplinares.Em Blumenau estas reuniões acontecem sempre na última quarta feira de cada mês, no anfiteatro do centro de estudo do Hospital Santa Isabel, ás 19: 30 hs.Além disso promovemos intercâmbio com órgãos e instituições internacionais, permitindo a troca de experiência e atualização permanente.A cada 3 meses é publicada material impresso especializado, chamada de revista FOCO, além de material informativo educacional. Entendemos que com a disseminação da informação, muitos anseios encontrados pelos portadores e familiares são esclarescidos e com isso nota-se um grande salto na qualidade do tratamento.

Sites para pesquisa:

http://www.esadi.com.br/

http://www.gediib.org.br/

http://abcd.org.br/